Folheim for mobile


Minha Megera Favorita

No famoso dicionário Aurélio, Megera traz o seguinte significado: s.f. Mulher irritadiça e má. Bom, toda mulher tem seus momentos irritadiços, pelo menos uma semana no mês. Quanto ao adjetivo "má", depende das circunstâncias, momento, motivos, mas todas as nossas mulheres têm lá seus momentos mais perversos e maldosos. Então, concluímos que todas as mulheres têm em seu lado B, a qualidade de serem "Megeras". Nós, também, temos vários defeitos e perversidades, mas o artigo de hoje é sobre elas, as mulheres. Mas quando digo que minha mulher é "Minha Megera Favorita", é no bom sentido, lembrando o famoso filme: "Meu Malvado Favorito", onde o "supostamente" vilão, acaba por ser o salvador e herói ao final do filme. As mulheres são assim, aos nossos olhos, muitas vezes, as vilãs, ou "Megeras", mas o coração delas certamente é enorme, muito maior do que nossa "vã filosofia" pode imaginar. E muitas vezes praticam lá seus atos de "Megeras" para defender sua prole, seus interesses preservacionistas, ou por motivos nunca revelados, nem para nós, tão quanto para elas. Faz parte do instinto materno, mas que tais atos acontecem, isso ninguém pode negar. Mesmo com mais idade, achamos compreendê-las, "pobres de nós, amebas pensantes"... e por isso as chamamos de "Megeras" às vezes, ou várias vezes ao dia, dependendo do grau de intimidade e tempo de convivência do casal. Mas são as nossas Megeras Favoritas. Vocês, "amebas pensantes", já encontraram as suas ?

(Marcio Poletto - 55, é escritor e publisher na editora Samba Books)