Folheim for mobile

Eu e Fidel

E lá se foi “El Comandante”. Fidel Castro foi um dos ícones do século 20; para o bem ou para o mal, morreu um dos últimos estadistas dos anos de chumbo do planeta Terra.

Cresci lendo e absorvendo quase tudo sobre a Revolução Cubana. Tinha Fidel como um dos heróis do meu subconsciente, aquele que ousou enfrentar Tio San, praticamente no seu quintal, e ganhou a parada. Não com armas, nem com guerra, mas na diplomacia, na inteligência e no jogo de xadrez que é o poder. Cuba antes de Fide... Leia +

(Marco Clerris)

Editora Samba Books

Tecnologia

Editora Samba Books

Samba Books, uma editora voltada 100% ao digital, que só publica ebooks no formato mobi e tem as vendas exclusivas nos sites da Amazon. Minha jornada nos livros digitais começou no ano de 2000 quando criei o portal Folhetim, que já tinha naquela época um software que também desenvolvi. O portal disp... Leia +

(Marcio Poletto)

Tecnologia

Conectado

Eu sou um cara conectado (com computadores e redes) desde 1984. Lá se vão mais de 30 anos. No início ainda não tínhamos a Internet, apenas redes empresariais ou BBS. Com o advento da internet, por volta de 1995, um novo mundo se abriu para mim, pois logo vi a enorme possibilidade que aquilo teria. C... Leia +

(Marcio Poletto)

MP-Attus Softwares de gestão para Tradings

eBooks e Literatura


ROMANCES MACHADIANOS

(Clássicos - Editora Samba Books - ebook)

Todos os romances de Machado de Assis reunidos neste ebook. Os pertencentes à primeira fase, os Românticos: Ressurreição, A Mão e a Luva, Helena, Iaiá Garcia e os da fase Realista: Memórias Póstumas de Brás Cubas, Quincas Borba, Dom Casmurro, Esaú e Jacó e Memorial de Aires. Uma coleção de leitura obrigatória.... Leia +

sobre Machado de Assis


Joaquim Maria Machado de Assis, considerado o maior escritor brasileiro, colocou a Literatura Brasileira em patamares nunca antes atingidos. Escreveu romances românticos (1a.fase) e realistas (2a.fase), foi poeta, contista, autor teatral e crítico literário. Fundou a Academia Brasileira de Letras e quando morreu recebeu honras fúnebres de chefe de Estado e seu cortejo foi seguido por milhares de admiradores. Nasceu em 1839, no Morro do Livramento, no Rio de Janeiro. Morreu em 1908, no Rio de Janeiro, aos 69 anos, tendo recebido honras fúnebres de chefe de Estado.